Sobre as meditações abaixo

.
✿ Página: facebook.com/belaaosolhosdDeus
Blog: minhasmeditacoespessoais.blogspot.com.br
✿ Canal no Youtube: "Bela aos olhos de Deus"

✿ Cada meditação é o que Deus falou comigo por meio de Sua Palavra; não são estudos ou ideologias, apenas meditações pessoais. Paulo também gostava de escrever, ele se comunicava com as igrejas por meio de cartas, ali ele levava ensinamentos e dividia o que estava passando com os novos cristãos.

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Estudando o livro de Daniel - cap. 10

Olá,
V. 12: Quando aplicamos nosso coração a compreender e a se humilhar perante Deus, então nossas palavras (orações) são ouvidas, pois Deus não atenta para o orgulhoso e soberbo, mas para o humilde de espírito.

V. 19: O Senhor nos fortalece quando ouvimos Suas Palavras, nos anima quando confiamos Nele.

A comunhão com Ele é o segredo para que as nossas orações sejam ouvidas e para que sejamos fortalecidos. Quando temos comunhão, somos como Daniel, muito amados 💕🕊 poucos homens na Bíblia foram chamados de muito amados, poucos tiveram essa nível de intimidade que Daniel teve. Vamos estreitar a comunhão com Jesus nesses últimos onze dias de Jejum de Daniel 😍🕊



segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Estudando o livro de Daniel - cap. 01

Neste primeiro dia de Jejum de Daniel eu estava buscando em Deus direção sobre qual livro da bíblia meditar e então escolhi o de Daniel, a fim de buscar entender qual o segredo da fé de Daniel, o que Deus queria dele quando o inspirou a jejuar por 21 dias e os benefícios que essa decisão lhe trouxe. 

Verso: "Então o rei ordenou que Aspenaz, o chefe dos oficiais da sua corte, trouxesse alguns dos israelitas da família real e da nobreza; jovens sem defeito físico, de boa aparência, cultos, inteligentes, que dominassem os vários campos do conhecimento e fossem capacitados para servir no palácio do rei. Eles receberiam um treinamento durante três anos, e depois disso passariam a servir o rei." - v. 3-5

Lição: Quando os hebreus foram levados cativos, uma parte foi feita escrava, outra fez parte da civilização babilônica e alguns, que tinham as características acima, foram escolhidos para ficar no palácio e passar por mais uma seleção, dali três anos, a fim de serem capazes de servir o rei. Trazendo isso para nossa vida espiritual, o que eu fiquei pensando foi sobre Ester que também menciona que ela foi levada entre muitas outras para o palácio, a fim de passar por alguns meses de preparação para poder ser apresentada diante do rei. Tanto Daniel, quanto Ester passaram por um período de PREPARAÇÃO / CAPACITAÇÃO para só então poder:

1. Conhecer o rei face a face;
2. Cumprir o propósito de Deus.

Eu vejo esse período de Jejum de Daniel como uma oportunidade a cada um de nós para sermos também Preparados e Capacitados para algo maior, para o desenvolvimento da nossa fé e salvação. Ester passou por um período de um ano, Daniel foram três anos... Davi também foi sendo preparado durante alguns anos até cumprir o propósito de Deus. Cada um de nós foi escolhido por Deus para algum propósito, mas até que estejamos prontos para cumprir esse propósito é preciso passar pela preparação. E que preparação é essa? - São as lutas que vão nos tornando experientes, são os desertos que vão forjando nosso caráter e vai nos ensinando a confiar; bem como tudo mais que nós cristãos estamos sujeitos a passar, somos como vasos de barro nas mãos do oleiro, sendo moldados dia após dia. Ester tinha inúmeras mulheres lindas querendo disputar com ela a coroa, Daniel tinha inúmeros rapazes sábios ao seu redor querendo ser escolhidos pelo rei e Davi tinha seus próprios filhos querendo tomar seu reinado. Para cumprir o propósito de Deus, nós, também iremos passar por muitas lutas e dificuldades, mas assim como eles conseguiram porque creram, confiaram e não se contaminaram, assim também nós, se seguirmos os passos destes heróis da fé, iremos conseguir. Lembro-me até de uma passagem que fala que Ester negou o uso de joias para chamar atenção do rei, assim como Daniel negou se alimentar das iguarias do rei, ambos mantiveram sua fé e não se deixaram contaminar pelas coisas do mundo

Para mim, nesse primeiro dia de jejum de Daniel eu aprendi muitas coisas com essa meditação, quero poder nesses 21 dias ser moldada por Deus, aprender a confiar mais Nele, guardar minha fé, ter meu caráter forjado e estar pronta para cumprir o propósito de Deus em minha vida.

E, para finalizar, deixo uma frase que ouvi certa vez de um pastor: "Toda promessa vinda de Deus passa pelo teste do tempo." - Ester, Daniel, Davi, Abraão, Moisés, todos. O tempo serve para nos moldar. Outro grande exemplo para mim foi Moisés, ele precisou ir para Midiã, tonar-se um pastor de ovelhas, ser moldado durante alguns anos para só então voltar e cumprir o propósito de Deus e libertar seu povo. Que jamais a ansiedade nos domine, devemos confiar e deixar Ele nos moldar.


Um abraço a todos, espero que essa reflexão também fala com você.
Atenciosamente, sua querida amiga, Amanda Henrique.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

O vaso sincero. Ops! Sem cera.

Nesta última quarta-feira que passou, 25 de Janeiro, o Pastor pregou algo na Igreja que eu achei muito forte e guardei comigo para meditar mais a respeito do assunto. A palavra dada foi: Provérbios 3:32. Esse único versículo nos trás uma grandiosa reflexão a respeito de muitas coisas em nossa vida espiritual. Diz assim, 
"Porque o perverso é abominável ao Senhor, mas com os sinceros Ele tem intimidade."
Ao longo dessa caminhada cristã muitas pessoas me perguntam a cerca de intimidade com Deus, afinal: como ter intimidade com Ele? Para muitas pessoas essa pergunta tem sido como uma incógnita difícil de decifrar, quase impossível de compreender e longe de se viver.

Há quem leia esse verso e pense: "hum... devo falar a verdade para Deus; mas eu já falo e não tenho intimidade com Ele!?", aliás, quando o Pastor citou o versículo foi o que pensei: "ser sincero? apenas falar a verdade? tão simples assim?", bom o fato é que voltei para casa intrigada com esse versículo, querendo realmente parar para meditar sobre - e cá estou rsrs. 

Normalmente quando alguma palavra me intriga eu busco seu significado na língua original ou  em sua etimologia. No hebraico eu não achei nenhum significado, mas em latim e romano sim, um significado muito expressivo por sinal. Eu gosto demais de pesquisar a etimologia das palavras, isso ajuda muito a entender o real sentido das coisas que falamos (obs.: se você não sabe o que é "etimologia", ela é basicamente como se formaram as palavras, o significado das junções e tudo mais). 

Sincero é a junção de duas palavras: Sin + Cero. Para nós, em português, parece não fazer muito sentido, não é mesmo? Porém, no latim, que é a base do nosso idioma, faz muito sentido. Sin > significa 'Sem', e Cero > significa 'Cera' = logo, Sem cera. 

Podemos supor então o seguinte:
"Porque o perverso é abominável ao Senhor, mas com os sem cera Ele tem intimidade."
Bom, o que é ser sem cera

A história conta que antigamente quando eram produzidos vasos, pelo oleiro, ocorria de um ou outro rachar - era inevitável. O correto a se fazer em casos assim seria quebrar aquele vaso para fazê-lo de novo, desta vez mais resistente e forte. No entanto, muitos oleiros, para não perder tempo, colocavam cera nas rachaduras e a escondiam - vendendo mesmo assim. A cera servia para esconder os defeitos, as falhas. Já os vasos em boa forma, resistentes, eram conhecidos como vasos sem cera, vasos puros - digamos assim. 

Ao trazermos tudo isso para a atualidade e para o verso acima, podemos perceber que para ter intimidade com Deus é necessário sermos sem cera, ou seja: não tentarmos encobrir nossas falhas e defeitos. Como assim? Bom, a maioria das pessoas têm um pensamento equivocado de que para desfrutar de uma vida diária e constante com Deus devem estar, pelo menos, sem pecados, perfeitas à vista; quando na verdade isso não é tão verdade, pois o relacionamento com Ele começa do jeito que você estiver, Ele disse:
"Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora." João 6:37
Ele não está estipulando alguma condição espiritual, pelo contrário, está se colocando à disposição de todos nós, por mais falhos e pecadores que possamos ser. 

O fato é que não podemos tentar omitir diante Dele quem realmente somos, esconder o que se passa no mais profundo do nosso ser. Quantas vezes erramos e sentimos raiva de nós mesmos? Quantas vezes tropeçamos e ficamos indignados com nós mesmos? Quantas vezes pecamos e nos sentimos imperdoáveis? - muitas. Porém cabe a cada um de nós escolher o que será dos nossos dias, o que será da nossa vida. 

Quanto mais alimentamos esses sentimentos destrutíveis contra nós mesmos, mais nos afastamos de Deus, porque criamos um muro que nos limita o acesso, um muro que cobre a nossa visão sobre quem realmente é Deus.

Deus - o Deus da bíblia - é alguém rico em misericórdia, transbordante de amor (porque Ele mesmo é o próprio amor), Ele é o dono da Graça, da Compaixão e por fim do Perdão. As escrituras também dizem:
"Quem, oh Deus, é semelhante a ti, que perdoas a iniquidade e te esqueces da transgressão do restante da tua herança? O Senhor não retém a sua ira para sempre, porque tem prazer na misericórdia. Tornará a ter compaixão de nós; pisará aos pés as nossas iniquidades e lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar." Miquéias 7:18,19
Ou seja, Deus não nos condena pelos erros que ao cometermos nos arrependemos, não, mas Ele promete perdão e esquecimento. Quando chegamos diante Dele e confessamos tudo que temos sido ou feito, juntamente com a decisão de mudar e a coragem de seguir em frente, então nós encontramos o Recomeço. 

Chegar diante de Deus sem cera, com sinceridade, é chegar até Ele e realmente rasgar a alma; em dado momento até pode parecer que sua alma está sangrando em ter que narrar os motivos que te fazem sentir dor, mas é necessário. Talvez você está afastado de Deus e não consiga voltar porque o peso da culpa e medo de não conseguir se firmar novamente te assombram, te fazem paralisar, te fazem, por muitas vezes, tentar até mesmo esquecer tudo que você já viveu com Ele e recorrer a outros caminhos, mas a verdade é que você pode voltar e pode construir uma nova história, basta você realmente se apresentar diante Dele e pedir perdão. Um gesto tão simples, mas que assombra a muitos. Eu lhes digo, não existe mais condenação sobre si, pois Cristo já te concedeu perdão naquela cruz - você só precisa aceitar

É exatamente nesse ponto que muitas pessoas empacam, não avançam, porque não conseguem aceitar a graça, não conseguem aceitar a oportunidade de recomeçar, não conseguem entender como é tão simples assim? É como se precisassem ver com seus próprios olhos a crucificação de Cristo de novo para crer; mas caros leitores, não é necessário, Ele já se entregou por ti e por mim, apenas creia nisso e tome posse. Profira isso para si mesmo e seja curado, seja livre das tuas iniquidades. 

Jesus sempre deixou bem claro: "Vai e não peques mais...", é simples assim, se não o fosse, os sacrifícios não teriam sidos abolidos e estaríamos até os dias de hoje fazendo sacrifícios e ofertas em prol do recomeço - e muitas vezes a oferta não era aceita, porque contia falhas, não era perfeita. E hoje, podemos nos alegrar e regozijar porque Ele nos aceita sem que sejamos ou nos apresentemos a Ele de forma perfeita, apenas de forma sincera ou sem cera. 

Minha querida, 
Meu querido, 

Reconciliem-se com Deus, rasguem sua alma perante Ele e coloquem para fora suas angústias; em seguida, creiam no perdão, É simples, não compliquemos as coisas. Esse é um dos nossos maiores defeitos, querer ficar complicando as coisas que Ele já facilitou naquela cruz. Fale para Deus até mesmo isso: 
"Deus, eu estou sempre duvidando que posso recomeçar, estou sempre querendo me culpar pelo que fiz, não consigo encontrar alívio, não consigo acreditar que seja tão simples, estou sempre colocando condições, para mim mesmo, poder ser aceito por ti; por vezes dito regras à minha alma que não são necessárias, quando na verdade só preciso chegar até Ti e com inteireza de coração te dizer: Pai, me perdoa." - oração. 
Para concluir, vou encerrar com uma parábola que exprime tudo que escrevi até aqui - A parábola do filho pródigo, como todos conhecem, o filho que pediu ao pai sua herança e foi para outro país desfrutar de sua liberdade, até que chegou ao fundo do poço e:
"Caindo, porém, em si, disse: Quantos jornaleiros de meu pai têm pão com fartura, e eu aqui estou morrendo de fome! Levantar-me-ei, irei a meu pai e dir-lhe-ei: Pai, pequei contra o céu e diante de ti: já não sou digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus jornaleiros. Levantando-se, foi para seu pai. Estando ele ainda longe, seu pai viu-o e teve compaixão dele e, correndo, o abraçou e beijou. Disse-lhe o filho: Pai, pequei contra o céu e diante de ti; já não sou digno de ser chamado teu filho. O pai, porém, disse aos seus servos: Trazei-me depressa a melhor roupa e vesti-lha, e ponde-lhe um anel no dedo e sandálias nos pés; trazei também o novilho cevado, matai-o, comamos e regozijemo-nos," - Lucas 15:17-23
O filho se arrependeu, tomou coragem para voltar para a Casa e quando chegou diante do pai, pediu-lhe perdão e reconheceu o quão errante havia sido. O pai, porém, nem respondeu ao filho, mas de pronto mandou que lhe trouxessem roupas limpas e que lhe fosse preparado uma festa. Quer dizer, Deus não precisa nem nos responder com uma repreensão, Sua atitude sempre nos surpreende, diante de situações como essa Ele só quer nos abraçar, beijar e festejar a nossa comunhão novamente. 

Por tanto, não fique se martirizando em seu pecado, em sua dor, apenas volte para Ele e seja sem cera, abra teu coração e deixe que o restante Ele mesmo fará por meio da graça e do perdão. Creia e ponto final. Recomece. 

Esqueça o que passou, não fique olhando para trás, como era antes, como será agora... não, não e mil vezes não, apague o seu passado, lance no mar do esquecimento e decida nascer de novo. Não se baseie em experiências passadas, delete tudo e esteja aberto a coisas novas que Ele tem para fazer. 

A vida é uma só e se nós não nos desprendermos do passado, iremos desperdiçar o nosso presente e comprometer o futuro em coisas que não são valorosas; com sentimentos e lembranças que não vão mudar em nada a nossa vida atual, pelo contrário, irão apenas nos paralisar, fazer com que não notemos o tempo que passa e não volta mais. Escolha ser feliz hoje, escolha ser feliz agora. o tempo não vai parar e nem voltar atrás, mas vai passar a cada instante. 

Aceite o perdão e nasça de novo - isso é uma escolha, não algo sobrenatural que vai acontecer em uma experiência sobrenatural, o novo nascimento acontece quando nos desprendemos do passado e o jogamos nas profundezes do mar. 

Deus nos abençoe, 

Atenciosamente, 
Amanda Henrique, 

P.s: quem desejar me escrever por usar a caixa de mensagens no canto superior esquerdo. 

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Algumas pessoas nunca aprendem nada

Olá queridas leitoras e leitores,
"Algumas pessoas nunca aprendem nada porque entendem tudo muito depressa." - (Alexandre Pope)
Entender e aprender são coisas semelhantes, mas um pouco distintas. Quando uma pessoa apenas entende algo, ela apenas assimila com rapidez, mas tal coisa não fixa em sua mente.


No entanto quando aprendemos algo: nós compreendemos a profundidade daquilo que aprendemos, há raízes em nossa mente que nos leva a refletir mais a fundo.

Assim ocorre muito nos dias de hoje, muitos têm apenas "entendido", mas não aprendido. Num mundo tão rápido é quase raro ver alguém ouvindo e dando ouvidos, pois quando começam a ouvir e logo "entendem", logo pensam que isso já é o bastante e cortam o outro (acabando assim por não entender o que o outro estava propondo concluir).

Para essa semana que sejamos bons ouvintes, bons aprendizes e estejamos prontos para ir além e aprender com cada situação, com cada pessoa e até mesmo com nossos próprios erros.
"Assim, meus queridos irmãos, tende estes princípios em mente: Toda pessoa deve estar pronta para ouvir, mas tardio para falar e lento para se irar." - (Tiago 1:19)
Nesse verso podemos ver a veracidade do que escrevi acima, devemos ser prontos para ouvir, deixar que as pessoas concluam suas falas, seus pensamentos e então também falarmos.

Um bom dia a todos nós - Atenciosamente - Amanda Henrique

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Ausência no Blog

💜 Algumas leitoras me contataram por eu estar uma pouco "sumida" aqui do Blog, por isso considerei a ideia de escrever o por que não tenho estado tão presente.

Algumas coisas mudaram neste último mês, estou ajudando em outro projeto na Igreja que frequento, projeto este que está requerendo um pouco mais de tempo e dedicação.
Eu preciso, sem dúvidas, de mais tempo para poder compartilhar aqui minhas meditações, sendo que a última feita foi sobre a história de Paulo, meditei em coisas maravilhosas sobre a conversão dele e seus primeiros passos na vida com Deus. É interessantíssimo quantas coisas descobrimos quando dedicamos tempo à leitura da Palavra.
Nestes dias em que não estou compartilhando aqui ou mesmo fazendo
propósitos, encorajo a todas leitoras que não parem de investir em sua fé, nem mesmo esmoreçam, lembre-se de que vocês têm a capacidade de terem uma vida com Deus maravilhosa e isso não depende de alguém que lhes conduza, mas vocês mesmas podem buscar em Deus o amadurecimento espiritual. Nós, os conselheiros, somos apenas instrumentos que o Senhor usa para lhes ensinar o caminho, mas não podemos servir de muleta, para que dependam de nós.
Minhas queridas, façam uso de todos os ensinamentos obtidos em cada propósito já feito e mesmo nas meditações que fizemos. Tudo que aprendemos não limita-se apenas ao mês que ficou para trás, não... mas eles são o que vão formando em nós maturidade espiritual.
Por exemplo,
Em minha vida, quando faço um propósito, busco extrair dele algo em especial que Deus queira me ensinar. Às vezes fazemos todo um propósito de longos dias para receber do Senhor apenas uma lição, mas que para poder ser enraizada dentro de nós precisou de tempo.
Penso que a coisa mais sem sentido que podemos fazer é aprender lições, aprender como nos aproximar de Deus e não usar por falta de alguém que nos anime ou motive. Não façam isso queridas leitoras. Muitas são as pessoas que conheço que desenvolvem um propósito, consideram-no muito forte, veem em suas vidas uma renovação, porém quando ele acaba elas tornam para a vida antiga de não orarem mais, não meditarem na Palavra Dele como no período de propósito.
Os aprendizados não podem ser esquecidos, se não de que valeu todo aquele esforço, empenho e dedicação?
Tornem hoje a tudo que já praticaram nos propósitos, mas que porém percebem não estar mais desenvolvendo como antes. Sejamos constantes em nossa caminhada. A vida é como escalar um Monte, há muitas dificuldades, muitos obstáculos, muitas coisas que tentam nos intimidar, mas se prosseguirmos rumo ao alvo, nós iremos desfrutar de uma experiência que nunca antes experimentamos!
Estamos vivendo épocas que não podemos nos dar o "luxo" de tirar férias da fé, férias de Jesus ou mesmo das nossas responsabilidades espirituais. Devemos prosseguir e usar tudo que temos aprendido para o benefício da nossa comunhão com Deus. 

Por fim, era isso que eu gostaria de dizer a todas vocês. Ainda que eu tenha "sumido" um pouquinho, estou aqui, usando minha fé e desenvolvendo, reaplicando os aprendizados em cada propósito deste ano de 2016. 

Estou com algumas ideias para 2017, mas ainda vou desenvolvê-las; deixando o amanhã para ser pensado amanhã. 

Que Deus abençoe e ilumine cada uma de vocês minhas amadas leitoras. Grandioso abraço a todas! 

Atenciosamente, 
Amanda Henrique, 

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Você deseja ter mais de Deus?

"Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos, porque toda a terra é minha. (...) E vós me sereis um reino sacerdotal e o povo santo. Estas são as palavras que falarás aos filhos de Israel. (...) Disse também o SENHOR a Moisés: Vai ao povo, e santifica-os hoje e amanhã, e lavem eles as suas roupas, E estejam prontos para o terceiro dia; porquanto no terceiro dia o SENHOR descerá diante dos olhos de todo o povo sobre o monte Sinai." - (Êxodo 19 ACF) 

Quando nós temos o desejo de ter mais de Deus, de tê-Lo mais perto de nós é preciso da nossa parte três coisas: Ouvir diligentemente a voz de Deus (obediência em tudo); Guardar a aliança feita com Ele (fidelidade em tudo) e santificação (consagração). Deus não nos aparece assim, do nada, mas requer de nós obediência, fidelidade e consagração

#Vivendo 
#MonteSinai 
#CampanhaSanta

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Problemas externos e internos - qual a diferença?

Belíssimo dia a todas,
Eu gostaria hoje de compartilhar uma reflexão com base em uma experiência que tive alguns dias atrás.

Eu estava dirigindo (indo para a Igreja) e o vidro da frente estava ficando embaçado, liguei o desembaçador e começou a ficar bom o vidro, fiquei mais tranquila. Porém mais adiante o vidro começou a embaçar de mais, as gotículas estavam de mais, então comecei a apertar todos os botões e comecei a ficar desesperada, pois não estava conseguindo enxergar direito e não podia parar. Pensei: "Como é que esse vidro está embaçando se o desembaçador está ligado? Se está tudo certo aqui dentro, não tenho mais o que fazer. Meu Deus, me ajuda!". Foi então que após pedir a ajuda de Deus bati na alavanquinha do limpador de vidro e quando ele passou no livro as gotículas sumiram!! rsrs bom, eu não havia percebido que estava tendo uma garoa ultra fina e aos pouquinhos foi caindo as gotículas no vidro. O embaçamento ficou muito semelhante ao interno quando há umidade, (não me julguem rsrs). 

O fato é que o problema era externo, mas eu estava me desesperando por pensar que era algo interno, algum erro meu, alguma falha minha que estava me atrapalhando. 

Então fiquei a pensar quantas vezes fazemos isso em nossa vida espiritual? Às vezes situações acontecem aqui fora, lutas, batalhas, problemas e nós acabamos pensando que estamos com problemas internos ou mal espiritualmente

Recordo-me que algumas semanas atrás nosso pastor que cuidava dos obreiros falou que muitos servos de Deus estavam enfermos, mas que não era um problema espiritual e sim externo, do corpo. No entanto, muitos servos acabam enfraquecendo espiritualmente porque pensam que estão mal com Deus. E isso é uma grande verdade e realidade! 

Muitas vezes passamos por lutas em nossa vida que são comuns para quem é ser humano, mas às vezes nós desenvolvemos a "Síndrome do Superman" (como diz o nosso pastor de obreiros) e pensamos que porque servimos a Deus nada de errado pode acontecer em nossa vida e se acontecer é porque estamos mal com Deus — dá para acreditar? Quer dizer então que se por ventura eu vier a ficar doente, estou mal com Deus? Bom, isso é o que a Síndrome do Superman afirma, essa síndrome nos faz pensar que temos que ser perfeitos, não podemos adoecer, não podemos ter problemas e por aí vai... mas os problemas fazem parte da vida, quando vencemos um problema ou situação difícil logo vem outro para também o vencermos. O nosso pastor até nos contou como testemunho que alguns meses atrás sua esposa apareceu com uma enfermidade muito grave e era o corpo dela que estava enfermo, eles não se desesperaram, mas buscam orientação e usaram a

Justamente foi essa a experiência que tive ao estar dirigindo, não me dei por conta que o problema era externo, estava quase me desesperando, enchendo-me de indagações se o erro estava em mim e que eu não sabia o botão certo para apertar, quando na verdade eu apenas não havia percebido que eram gotículas de garoa... parece uma coisa simples e até mesmo boba, mas levando isso para nossa vida cristã: muitos acabam pensando que estão mal com Deus quando algo dá errado em suas vidas e até pensam que estão tão errados que Deus lhes virou as costas. 

Precisamos apelar para a fé! Usá-la! Ora, se temos a certeza de que Deus é conosco, então quando os problemas surgirem devemos combatê-los e não deixar que a dúvida se instale dentro de nós ((claro, se realmente estivermos vivendo uma vida justa e santa)). 

A diferença entre as lutas internas e as externas é que as Internas têm origem por conta de um erro ou um pecado, isso corrompe a nossa consciência e nos trás acusação, pois é o único modo de realmente nos arrepender (como vimos no estudo sobre "Arrependimento", ele quando é sincero causa profunda tristeza). Quando as lutas são Externas, elas não nos trazem acusações, mas ainda que estejamos numa peleja, dentro de nós há paz e convicção e que ainda assim Ele é conosco. 

Querida amiga, se você está passando por alguma luta e no fundo, no fundo você sabe que isso não é espiritual, vá para cima e lute! Guarde sua fé e busque em Deus a solução para seu problema. Agora, se a luta está vindo por conta de uma falha sua, então terás de colher os frutos da desobediência, erro ou pecado, mas busque se arrepender para que ao findar tudo isso você retome à paz, à vida justa com Deus. 

Atenciosamente, 
Amanda Henrique,

domingo, 6 de novembro de 2016

Propósito — Graciosas para Deus ► O que define uma mulher graciosa?

Propósito: *Graciosas para Deus*

A graciosidade está ligada à GRAÇA - uma mulher que possui graça. Possuir graça é possuir um benefício de Deus, possuir uma virtude Dele. Muitas pessoas acreditam que Ele é bom, mas poucas recebem a graça que Ele nos oferece, porque ela é uma revelação pessoal.

Receber a graça de Deus é aceitar profundamente seu sacrifício e entender seu gesto.

Uma mulher graciosa é uma mulher que agrada a Deus; é uma mulher que exala o que recebeu Dele em seu íntimo. A graciosidade está relacionada ao nosso comportamento - não se limita em andar vestida como boneca ou falar fino, mas nos comportamentos honrosos que são naturais de dentro de nós.

Essa semana nosso primeiro objetivo a meditar será sobre MAUS PENSAMENTOS. O que eles dizem sobre nós? O livro de leitura para a semana será MALAQUIAS - Sugiro a versão do ARA (Almeida Revista Corrida ou a Fiel) e usem as outras só para auxílio. Nesse livro vamos aprender muito a cerca dos maus pensamentos e o quão perigosos eles são quando alimentamos eles. Ok?

Desafio: Você sabia que o seu exterior é um reflexo do seu interior, mas que o seu interior não pode ser um reflexo do seu exterior? || Essa semana vocês irão todos os dias impor as mãos sobre o alto de suas cabeças e determinar que todos os pensamentos negativos sejam arrancados de si! Todos pensamentos contra si mesma, de incapacidade ou até mesmo se você anda muito resmungona e se anda fazendo as coisas de Deus por fazer, mas com pensamentos contrários. Dê um "SHÔ" nesses pensamentos e decida alimentar somente pensamentos que agradem a Deus. Agindo assim você poderá ter novas atitudes, seu exterior se tornará gracioso, porque tudo começa na nossa mente. Amém? Como prova do desafio no sábado você irá enviar aqui no blog seu testemunho da semana via comentário).

Sejamos comprometidas. Vai arrebentar amigas!

Sua amiga de fé — Amanda Henrique
Contato via e-mail: adm.se.amanda@gmail.com

sábado, 5 de novembro de 2016

Propósito — Graciosas para Deus

Dicas especiais para esse propósito:

* Dica 01: Tenha um cadernos de anotações;
* Dica 02: Tenha uma bíblia com uma linguagem que você entenda e goste;
* Dica 03: Utilize um dicionário [pode ser normal de língua portuguesa (ou do seu idioma)] para não precisar usar a internet;
* Dica 04: Apenas comece se realmente houver um desejo de ser Graciosa para Deus;
Dica 05:Ao ingressar, conclua ele até seu término e honre sua palavra.

Sua amiga de fé — Amanda Henrique
Contato via e-mail: adm.se.amanda@gmail.com

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Propósito: "Guerreiras de Oração" — Semana da Expressão

Expressão: "Vai arrebentar!"
Passagem base: "?"


Essa expressão famosíssima em nossa Igreja não está exatamente escrita na bíblia, mas ela nasceu por conta da fé de um homem que mesmo em meio a maior tristeza de sua vida decidiu confiar em Deus; decidiu da situação ruim fazer algo que viesse chamar a atenção de Deus.

O líder da minha Igreja apregoou essa expressão como uma espécie de símbolo de determinação. 

Arrebentar significa que vai dar mais do que certo / que irá ser algo mega maravilhoso / que irá surpreender. 

Não tem muito mistério ou algo sobrenatural por de trás, rs, mas é uma frase simples que traz muita convicção por de trás. Nós normalmente falamos ela quando estamos crendo muito em algo. Exemplo: "Amiga, a reunião de hoje vai arrebentar!", quer dizer que estamos com uma expectativa muito grande para tal reunião.Ou quando dizemos: "Olha, isso que você fez arrebentou!", quer dizer que o que tal pessoa fez foi além do esperado, surpreendeu, foi maravilhoso!!

Simples assim, rsrs espero que essas meditações tenham sido úteis.

Semana que vem começamos outro propósito.

~*~~*~~*~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~
Publicou: Amanda Henrique
Contato: adm.se.amanda@gmail.com
Facebook: "Bela aos olhos de Deus"
www.facebook.com/belaaosolhosdDeus

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Propósito: "Guerreiras de Oração" — Semana da Expressão

Expressão: "Em nome de Jesus"
Passagem base: "João 14:13-14; João 16:24-26; 1 João 3:22 e Êxodo 20:7"

A bíblia é claro no que diz respeito a essa expressão, ela nos assegura de que podemos usar o nome de Jesus afim de receber algo do Pai. Em certo momento quando o Mestre confortava seus discípulos Ele lhes disse que tudo que pedissem ao Pai em Seu nome lhes seria concedido. Talvez alguns interpretem errado, como se então fosse assim... sair pedindo qualquer coisa e recebereis... assim também não, claro! Até porque no versículo diz: "Se me amais, guardareis os meus mandamentos." o que nos leva a entender que quando usamos a nome Dele em algum pedido deve ser algo honroso, algo que esteja em conformidade com a Lei de Deus, em outras palavras: que seja algo justo.

Na segunda passagem base Jesus diz aos discípulos que eles ainda não haviam feito nenhum pedido em Seu nome, mas que eles poderiam pedir afim de que a alegria deles fosse completa. Para mim isso é muito precioso, pois quantas vezes o nosso coração está cheio de sonhos, desejos, anseios e nós não compartilhamos com Cristo por não querer "encomodar Ele?" — diversas. O fato é que Ele disse que não devemos nos acanhar, nem mesmo ter receio, mas que devemos dividir com Ele os nossos anseios e nos serão concedidos (se estiverem em conformidade com a justia, como disse antes).

Na terceira passagem João afirma que quando nós guardamos os mandamentos de Cristo e fazemos diante Dele o que é agradável, então nós receberemos o que a Ele pedimos. Podemos observar então que para recebermos o que buscamos é extremamente importante guardar os mandamentos de Jesus, pois se nã guardamos nós não sabemos o que O agrada e o que Lhe desagrada. Bem como devemos fazer diante Dele tudo que é agradável, tudo o que Ele espera que façamos. 

Por fim, na última passagem citada está escrito que não devemos tomar o nome do Senhor em vão. Hoje em dia o nome de Jesus se tornou uma expressão sem importância para a maioria das pessoas, elas o falam como se tivessem falando qualquer outra coisa. Quando algo á errado: "Jesus! (suspiro)". Quando estão aborrecidos com alguma situação: "Só Jesus!". Quando tomam um susto: "(suspiro) Jesus!". Outras ainda falam o nome Dele em momentos totalmente desnecessários... já virou "virose", lamentavelmente

Essa expressão que usamos na Igreja deveria nos levar a entender o que realmente significa o nome Dele e o quão poderoso é. Quando o falamos o sobrenatural acontece, Seu poder é visto e seu nome é glorificado. Quando queremos determinar algo, por exemplo, nós utilizamos o nome Dele para ligar no céus, para trazer do mundo espiritual a nossa benção. 

Resumindo: Usar essa expressão deve ser feita com temor, fé e entendimento. Não devemos falar por falar. É como aquela outra expressão: "Só Deus...", poxa, ""? Um com Deus já é maioria, imagina algo que só Ele pode fazer? Que grande virtude há, afinal aquilo que nós podemos fazer na força do braço não tem tanto prazer como as que recebemos por meio Dele, não é verdade?

~*~~*~~*~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~
Publicou: Amanda Henrique
Contato: adm.se.amanda@gmail.com
Facebook: "Bela aos olhos de Deus"
www.facebook.com/belaaosolhosdDeus

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Propósito: "Guerreiras de Oração" — Semana da Expressão

Expressão: "Queimar o mal"
Passagem base: "2 Reis 1:9-16"


Após a morte de Acabe, levantou-se outro rei chamado Acazias e este rei não estava servindo ao Senhor, mas procurando outros deuses e buscando neles auxílio e socorro. 

Este rei, diz a bíblia, que ele caiu da sacada do seu quarto e ficou muito ferido. Por conta disso ele enviou alguns homens para ir consultar um "deus" e saber se ele ficaria bem, afinal ele havia se ferido muito. No caminho, estes homens deram de frente com Elias e ele lhes disse que o rei iria morrer, afinal ele ao invés de buscar socorro em Deus, foi buscar em Baal (na idolatria). Com certeza o rei ficou muito irado e mandou buscar Elias. 

Elias estava sentado no alto de um monte, no cume dele. Ele não se dispôs. O rei havia enviado um capitão com + 50 soldados para buscar Elias (o que já nos mostra que não eram boas as intenções do rei). O profeta quando ouviu as palavras do capitão lhe dizendo: "Desce!" (v. 9), "...respondeu, e disse ao capitão de cinqüenta: Se eu, pois, sou homem de Deus, desça fogo do céu, e te consuma a ti e aos teus cinqüenta. Então fogo desceu do céu, e consumiu a ele e aos seus cinqüenta." (2 Reis 1:10). Sabe, hoje em dia os nossos inimigos não são carne e sangue (pessoas), mas sim espirituais, são: principados, potestades, dominadores e forças malignas que ficam alojadas nas regiões celestiais [a qual não podemos ver] (Efésios 6:12). 

Toda vez que nós nos colocamos no cume do monte, ou seja: em posição de buscar a Deus (pois estar no monte significa isso, Jesus subia ao monte para falar com Deus / Moisés subiu ao monte para estar com Deus inúmeros dias / Abraão e muitos outros). O nosso adversário — a saber, o diabo — ele não se alegra com isso nadinha! Pelo contrário, toda vez que nós nos colocamos ao cume do monte, ele tenta de todas as formas nos fazer descer, sair da unidade de espírito com Deus, atrapalhar o nosso momento de oração, atrapalhar nossos minutos de meditação e muito mais, ele sempre tenta nos fazer descer do cume do monte! Eu particularmente creio que Elias não estava no alto do monte simplesmente por esporte, sabe, estar lá sem razão, mas quem sabe ele estava lá pelo fato de estar tendo um momento com Deus? O que explicaria tamanha revolta dele para com aqueles homens, pois ele nem os deixou falar, mas de pronto orou pedindo que fogo caísse do céu e os consumisse. 

Isso aconteceu três vezes, na primeira e na segunda Elias clamou que fogo os consumisse. Lendo isso eu fico a pensar: "E se usássemos dessa fé e revolta a todo instante [principalmente nos momentos com Deus?]?" E se toda vez que estivéssemos lendo a Palavra e alguma distração [enviada pelo diabo] viesse tentar nos parar, usássemos dessa autoridade? Quando estamos orando e aquele sono vem repentinamente; e se nós o repreendêssemos de pronto? Assim como Elias fez? Porque ele não aguardou os homens falar para depois reagir, mas no mesmo instante que disseram apenas; "Desce!" ele já usou de revolta e repreendeu aquilo! 

Devemos buscar agir dessa forma em tudo na nossa vida. Quando os maus pensamentos vierem? Repreenda-os! Quando o sono bater no momento da oração? Repreenda! Hoje em dia, obviamente, não cairá fogo dos céus, mas no mundo espiritual eu creio que possa ocorrer! Volto naquela tecla que escrevi ontem sobre que tudo depende da nossa fé. Se você tem fé para mandar que um monte se mova de lugar, vá em frente! Se você tem fé para orar pedindo que fogo do céu venha a consuma teu adversário (diabo), vá em frente! 

Ao meu ver toda forma de repreensão é válida, por meio de uma oração de fé, por meio de um jejum, por meio de um propósito, por meio de sacrifício, tudo é válido! O que não é viável e deixar o nosso adversário espiritual nos tirar de cima do monte — ou seja, de sobre o Altar de Deus

No versículo 13 diz que o último capitão (com seus 50 soldados) chegou a cair de joelhos implorando que não fosse enviado fogo para o consumir. Isso me lembra daquela passagem onde um homem possesso estava diante de Jesus e na hora de expulsar aquela entidade [legião] pediu a Jesus que eles pudessem pelo menos entrar nos porcos, sabe, nem os demônios gostam do inferno, eles fazem de tudo para não estar nele (por isso ficam rondando pela terra como vemos em Jó). Diante do nome de Jesus todo joelho se dobrará e toda língua confessará que Jesus Cristo é o Senhor. Assim deve ocorrer em nossa vida quando o diabo vier tentar nos fazer sair da presença de Deus (Altar/Monte), diante do nome de Jesus ele deve dobrar seus joelhos e bater em retirada. E torno a dizer, quem tiver fé para orar mandando que o diabo e seus demônios sejam queimados com o fogo de Deus, vá em frente! 

Sugiro que ouçam essa canção: "Trono Da Graça - Priscila Ramos"

~*~~*~~*~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~
Publicou: Amanda Henrique
Contato: adm.se.amanda@gmail.com
Facebook: "Bela aos olhos de Deus"
www.facebook.com/belaaosolhosdDeus

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Propósito: "Guerreiras de Oração" — Semana da Expressão

Expressão: "Tá amarrado"
Passagem base: "Marcos 3:20-27"


Bom, tudo começou quando Jesus estava voltava do monte, ele foi para uma casa (não se para a dele ou de outra pessoa), mas ele havia ido para uma casa e não pode nem comer, pois a multidão era grande que o cercava! Jesus curava as pessoas e libertava elas de demônios que as possuíam, vendo isso seus próprios familiares diziam que ele estava: "fora de si" (v. 21). Os fariseus ousaram até mesmo dizer que Jesus estava possuído por uma entidade chamada: Belzebu — o maioral dos demônios como eles disseram (v. 22). Jesus então chamou-os e perguntou-lhes: "Como pode Satanás expulsar Satanás?" (v. 23) e continuou explicando: "Se um reino estiver dividido contra si mesmo, não poderá subsistir. Se uma casa estiver dividida contra si mesma, também não poderá subsistir. E se Satanás se opuser a si mesmo e estiver dividido, não poderá subsistir; chegou o seu fim." (v. 24-26). É algo de pensarmos, diziam que Jesus estava possesso, mas como alguém possesso poderia libertar outro possesso? É meio contraditório, um tanto impossível. 

A bíblia diz que nós somos a casa onde Deus habita. Por outro lado, também nos mostra que se o Espírito Dele não estiver habitando, demônios podem habitar (Mateus 12:45). Foi então que Ele seguiu falando: "Ninguém pode entrar na casa do valente para roubar-lhe os bens, sem primeiro amarrá-lo; e só então lhe saqueará a casa." (v. 27). Visto que as palavras de Jesus se dava com respeito às coisas espirituais, creio que ele usou essa parábola acima se referindo a um corpo onde habitava uma entidade (algum demônio que tornava tal pessoa possessa), referindo-se à entidade como "valente", porque o diabo se titula assim, ele se acha valente por ser persistente. 

A minha visão pessoal do restante da frase é que para que se possa resgatar a alma de alguém que se encontra aprisionada espiritualmente (seja por uma entidade ou por algo causado por ela) é necessário repreender tal entidade: amarrando-a (espiritualmente falando) e só então fazer o que é preciso. 

Em nossa igreja e em algumas outras que conheço, acontece de pessoas possessas manifestarem com uma entidade em seu corpo, bem como acontecia quando Jesus passava entre as pessoas, algumas ficavam possessas, tal entidade se revelava e então era expulsa por Jesus. Hoje em dia ainda ocorrem situações como essa, o espírito muitas vezes tenta ferir a pessoa ou mesmo lutar para que esta não lhe seja tirada de suas posses. O primeiro passo a ser dado quando tal coisa acontece é dar ordens para que seja amarrado (no âmbito espiritual) tal entidade, damos ordem para que essa entidade seja imobilizada, digamos assim, mandamos que o chefe da casta de demônios tome a frente e então expulsamos ele e sua casta para o inferno — fazendo assim com que a pessoa fique livre. O Senhor Jesus nos deixou essa autoridade quando disse em Marcos 16: "E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão." (v. 15-18). No Antigo testamento, em Habacuque, por exemplo, diz assim: “O meu justo viverá pela sua fé.”(Habacuque 2.4). Se cremos e vivemos sobre a fé nós então poderemos fazer isso e muito mais, pois Jesus também falou que faríamos obras maiores ainda. Tudo é uma questão de fé. Há quem tenha a fé de comer legumes, outros de comer carne e tudo bem isso, mas Paulo diz: "Aquele que come de tudo não deve desprezar o que não come, e aquele que não come de tudo não deve condenar aquele que come, pois Deus o aceitou." (Romanos 14:3). Há quem creia e sirva no ministério dessa forma, agindo a fé, pregando, batizando, libertando, curando e por aí vai... outros servem a Deus apenas pregando o evangelho e batizando, não realizando as ministrações de cura e libertação, e tudo bem por isso, nenhum deve condenar o outro, cada um age conforme sua fé e pratica conforme o dom que recebeu. Há dons de cura, há dons para pregar, há diversos dons, mas o Deus é o mesmo. "Existem várias formas de ministérios, mas o Senhor é o mesmo." (1 Coríntios 12:5). Então que venhamos a exercer o chamado de Deus com os dons que Ele nos concede e usar a nossa fé. Usando da autoridade que Cristo nos deixou, se é para curar, vamos determinar cura, vamos ligar com tal pessoa a cura, libertação e tudo mais! Paulo foi mais além, ele impôs a mão sobre o alto da cabeça de pessoas e determinou que elas fossem batizadas com o Espírito Santo (Atos 19:4-6), quer dizer, a fé é uma revelação, quem recebe rompe os limites!

~*~~*~~*~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~* ~~*~~*~~
Publicou: Amanda Henrique
Contato: adm.se.amanda@gmail.com
Facebook: "Bela aos olhos de Deus"
www.facebook.com/belaaosolhosdDeus